Conecte-se conosco

Depois do triplex, a vez do sítio

Aproxima-se mais um momento decisivo na trajetória criminal de Lula, que acaba de completar...

Publicado em

Aproxima-se mais um momento decisivo na trajetória criminal de Lula, que acaba de completar um ano preso por sua condenação no caso do triplex do Guarujá.
 
Sucessor de Sergio Moro à frente da Operação Lava Jato na Justiça Federal do Paraná, o juiz Luiz Antonio Bonat deu prazo até a próxima quinta-feira (9) para que a defesa do ex-presidente se manifeste sobre o recurso do Ministério Público relacionado ao sítio de Atibaia.
 
Os procuradores querem que Lula, condenado nesse processo, em fevereiro, pela juíza substituta Gabriela Hardt a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem dinheiro, tenha a pena aumentada para 18 anos.
 
Depois dessa fase final em Curitiba, o processo segue para a segunda instância, no Tribunal Regional Federal-4, em Porto Alegre.
 
Em países onde as leis são mais rigorosas e valem para todos e os magistrados das altas Cortes são menos envolvidos na militância política, Lula estaria fadado, com uma segunda condenação, a passar provavelmente o resto da vida na cadeia.
 
Mas, no Brasil...
 
 

Publicidade
Publicidade