Conecte-se conosco

A bela que é fera

Primeira mulher a chefiar a 15ª Subdivisão Policial de Cascavel ao longo de seu mais...

Publicado em

Primeira mulher a chefiar a 15ª Subdivisão Policial de Cascavel ao longo de seu mais de meio século de existência, a delegada Mariana Vieira Badotti, já nos cem dias iniciais de sua gestão, está dizendo ao que veio.

Tanto em comparação com o primeiro trimestre de 2018 quanto em relação a dados mais recentes, o balanço das principais atividades da SDP de janeiro a março deste ano mostra um notável crescimento do número de detenções, procedimentos investigativos e apreensão de drogas e armas, além de significativa redução de roubos e furtos e crimes contra a vida.

O excelente desempenho de Mariana e de sua equipe indica que os extraordinários resultados que lhe deram notoriedade nacional ao comandar entre 2013 e 2018 a delegacia especializada de homicídios não foram mera obra do acaso, e sim fruto de um vitorioso método de trabalho que agora ela replica na nova função.

Só para lembrar, naquele período a unidade alcançou e vem mantendo até agora um índice de elucidação de casos de mais de 85%, superando largamente a média nacional, que se situa na faixa de 10 a 14%, e atingindo um patamar de países superdesenvolvidos.

Tudo isso está sendo abordado na entrevista que fiz com ela para o Jogo Aberto, que vai ao ar na TV Tarobá, neste sábado (4), a partir das 18h50.

Vai aqui um spoiler da nossa conversa para aguçar a audiência: perguntada se já teve que apertar o gatilho para algum marginal, Mariana respondeu que ainda não, mas treina tiro frequentemente e tem ótima mira.

Fica o aviso.


Publicidade
Publicidade