• Ricardo Oliveira
  • O Dia

13 Janeiro 2018 | 16h04min

Um laudo criminológico encomendado pelo Ministério Público Estadual atestou que a detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, tem condições de responder o restante da pena em liberdade.

O laudo foi produzido por uma junta médica nomeada pela Justiça. Os peritos avaliaram as condições clínicas e psicológicas da detenta e concluíram que ela reúne condições de voltar à vida social fora da prisão.

Confira a reportagem completa no site O Dia.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (1 comentário)

  • xxx
    3
    0
    1 semana atrás às 17:12h
    Lixo de justiça essa q temos
Envie seu comentário Seu endereço de email não será divulgado