• Luiz Oliveira
  • GoioNews

12 Outubro 2017 | 18h48min

Rodrigo dos Santos, de 23 anos, foi morto a tiros por volta das 4 horas da madrugada desta quinta-feira (12), durante uma festa que estava acontecendo em uma chácara ao lado do Goioerê Clube de Campo. 

O autor dos disparos teria sido Mateus Rufino, que foi preso em flagrante em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar. 

Segundo as primeiras informações levantadas pela polícia, o crime aconteceu depois de um desentendimento envolvendo mulher. A vítima estaria tentando se aproximar da ex-convivente de Mateus, que teria matado Rodrigo por ciúmes. 

No local do crime a polícia encontrou cinco cartuchos, mas somente o laudo do Instituto Médico Legal é que irá dizer quantos disparos de fato atingiram a vítima. 

Quando a polícia estava fazendo o levantamento do local do crime, surgiram informações sobre a autoria do crime, que também foi informada através de denúncias pelo telefone 190. 

Policiais militares e civis realizaram diligências e encontraram Mateus Rufino na residência de sua ex-convivente, na Rua Umuarama. Assim que viu a viatura policial ele tentou fugir, saindo correndo em direção ao Arroio Schimidt, mas foi perseguido e contido pelos policiais.

O jovem foi levado a Delegacia de Polícia Civil, onde prestaria esclarecimentos e deveria ser autuado pelo crime.

O corpo de Rodrigo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário Seu endereço de email não será divulgado