• Maycon Corazza
  • Assessoria

12 Janeiro 2017 | 08h03min

A frente de trabalho para a recuperação das estradas rurais foi lançada hoje (11) no Distrito de São João do Oeste, maior bacia leiteira de Cascavel, antecipa o compromisso do prefeito Leonaldo Paranhos de colocar o interior entre as áreas prioritárias do governo. “Atendemos o apelo dos produtores de iniciar os trabalhos antes da colheita da safra [o cronograma seria em fevereiro], o que foi possível também graças a dois empresários que têm licitação com a Prefeitura e estiveram aqui hoje, aceitando reduzir em 15% os valores que eram pagos pelas horas-máquina fornecidas ao Município, facilitando nosso plano de recuperação do interior”, disse o prefeito.

Como o período de chuvas constantes impede o patrolamento integral das estradas, em caráter emergencial serão atacados pontos intransitáveis, segundo secretário de Agricultura, Agassiz Linhares Neto, “com a limpeza de escoadouros de água para garantir maior longevidade das estradas e a retirada de atoladouros, de forma que os produtores possam transitar e retirar a produção, uma vez que estamos em fase de pré-colheita da safra de verão”.

De acordo com o secretário, foi realizado um levantamento das condições dos mais de 3 mil quilômetros de estradas e decidiu-se iniciar os trabalhos pela região norte do Distrito de São João do Oeste, até a localidade de São Martin, sem deixar de atender demais pontos intransitáveis da zona rural. “É uma determinação do prefeito Paranhos para que, mesmo com uma frota pequena, comecemos o atendimento. Paralelamente, o prefeito está viabilizando ações para que possamos adquirir novos equipamentos e ampliar a frota”.

O lançamento da Frente de Trabalho, no miniginásio do distrito, reuniu a comunidade, diversos líderes de entidades representativas da classe produtora, vereadores e secretários municipais. O deputado estadual Adelino Ribeiro disse ter esperança de que, apesar do período chuvoso do mês de janeiro, o prefeito consiga colocar as máquinas no campo. Segundo Adelino, Paranhos “é um cara do interior, que bota o pé no barro e, certamente, vai fazer com que o que homem do campo fique aqui. E para ficar aqui tem de ter estrutura boa, estrada boa. E estou à disposição dele para ajudar a buscar recursos no governo do Estado e no governo federal”.

O presidente do Sindicato Rural Patronal, Paulo Orso, aprovou a iniciativa, ressaltando que “o produtor tem necessidade por estrada e, com esta largada, temos a esperança de ter nossos anseios alcançados”.

15% de redução nas horas-máquina

Como parte do Decreto Nº 13.242, de 6 de janeiro de 2017, que determina a realização de estudo e análise de contratos celebrados com o Poder Executivo, visando à redução de despesas, e após análise, a comissão nomeada pelo prefeito Paranhos conseguiu a supressão de 15% nos valores que eram pagos pelas horas-máquina utilizadas pela Prefeitura nas áreas rurais, por meio da aceitação das empresas João P.B Ferreira & Cia e Actual Construção e Obras Ltda.

Com isso, durante o lançamento da Frente de Trabalho hoje, as duas empresas assinaram com o prefeito o termo de concordância, de redução dos valores, o que resultará numa economia de R$ 154.087,50, devido à redução de R$ 111.180,00 da empresa João P.B Ferreira & Cia e R$ 42.907,50 da Actual Construção e Obras Ltda.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (2 comentários)

  • Mario
    1
    2
    11 meses atrás às 08:37h
    Por que começar pelo Distrito de São João se as estradas do Rio do Salto e São Salvador estão em piores condições?
    • agricultor
      2
      1
      11 meses atrás às 14:10h
      Calma Mario! o homem esta la a apenas 11 dias com certeza ele chegara em todos os locais. Parabens Paranhos pela iniciativa.
Envie seu comentário Seu endereço de email não será divulgado