• Maycon Corazza
  • CGN

01 Outubro 2014 | 18h56min

O Secretário de Estado do Esporte e do Turismo (SEET), Diego Gurgacz, falou com a CGN, por telefone, na tarde desta quarta-feira (01), sobre os questionamentos envolvendo repasses de dinheiro para instituições de Cascavel.

Na segunda-feira, o secretário Municipal de Esportes e Lazer, Wanderley Faust, afirmou que acreditava haver apadrinhamento político na realização de convênios da SEET e criticou a falta de repasses do Estado para o Município.

A Liga Regional de Futsal Oeste também questiona cifras que constam em documentos protocolados pelo ex-secretário da SEET, Evandro Roman, na Justiça Eleitoral, em um processo de pedido de direito de respostas. Pelos papéis entregues por Roman, a Liga teria recebido R$ 339.926,40. O dirigente Edson Queiroz, no entanto, diz que nenhum centavo chegou à conta bancária da Liga.

Esse foi o primeiro questionamento respondido por Gurgacz, que assumiu a secretaria no lugar de Evandro Roman, em abril deste ano. Segundo ele, o dinheiro foi repassado diretamente para as contas dos árbitros que atuaram nas competições promovidas pela Liga.

“É uma ordem de pagamento realizada diretamente para o árbitro. Todas as competições são pagas através de ordem de pagamento. O [Edson] Queiroz sabe que não vai ter nada na conta dele. A gente tem a relação de todos os árbitros que receberam e os recibos”, afirmou Gurgacz.

O secretário disse ainda que os pedidos para realizações de campeonatos são feitos pela Liga e não pelas empresas que depois dão nome para as competições. Sobre o fato de constar liberação de verba para as copas e depois para a Liga, ele afirmou que solicitou para que seja averiguado se os documentos estavam com duplicidade.

Cobrança de participantes

Diego Gurgacz também foi indagado sobre relatos de participantes de Copas, que receberam recursos da SEET, de que foi cobrada taxa de arbitragem.

“Isso não diz respeito a nós. A secretaria dá o apoio ao campeonato. Agora se a Liga cobrou, o cara vai lá e cobra da Liga, faça devolver. Confesso que não sei se realmente foi cobrado quanto ao árbitro”, afirma o secretário.

Passagens

Sobre a lista de pessoas que teriam recebido passagens da SEET para participação em eventos esportivos, Gurgacz explicou que os ofícios vão para uma central do Estado. Não há, segundo o secretário, um intermediador nas cidades. Somente após triagem e avaliação, o dinheiro para a passagem é liberado.

Fiscalização

Gurgacz também disse que todos os procedimentos passam por fiscalização criteriosa e que os recursos chegaram sim à fonte. Ele colocou a documentação à disposição, pedindo que fosse protocolado pedido de informações.

O secretário evitou comentar diretamente as declarações de Wanderley Faust. Gurgacz disse, no entanto, que “o Município não é só a prefeitura”. Os documentos protocolados por Evandro Roman na Justiça Eleitoral, que deu margem para vários questionamentos, estão sendo analisados e uma nota técnica pode ser divulgada pela SEET.

VERBA PARA ARBITRAGEM (2013)

AMOP             R$4.800,00

Associação Médica de Cascavel   R$ 3.132,00

Associação médica de Cascavel   R$ 3.422,00

Copa TV Tarobá – Suíço    R$ 38.092,80

Copa Rádio Colméia – Futsal        R$ 45.936,00

Copa Capital CBN – Futsal R$ 117.763,20

Copa CATVE – Futsal          R$ 176.227,20

Fed. Fisiculturismo e Musculação          R$ 9.396,00

Fed. Fisiculturismo e Musculação          R$ 29.023,20

Federação de Tênis de Mesa do Paraná R$ 10.022,40

Federação de Tênis de Mesa do Paraná             R$ 12.988,80

Federação de Tênis de Mesa do Paraná R$ 8.068,80

Federação de Tênis de Mesa do Paraná R$ 7.363,00

Fundeavel     R$ 10.862,40

Instituto Jeferson Ribeiro / Automóvel Clube  R$ 13.989,00

Liga de Futebol de Cascavel          R$ 15.033,60

Liga de Futebol de Cascavel          R$ 32.572,80

Liga de Futebol de Cascavel          R$ 14.136,00

Liga Regional de Futsal do Oeste do Paraná      R$ 3.720,00

Liga Regional de Futsal do Oeste do Paraná      176.227,20

Liga Regional de Futsal do Oeste do Paraná      117.763,20

Liga Regional de Futsal do Oeste do Paraná      45.936,00

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (10 comentários)

  • jefer
    40
    4
    01/10/2014 19:20h
    vou criar uma liga tambem pra ve se me sobra uns troco
  • Luiz
    7
    2
    01/10/2014 20:31h
    Explicando o inexplicável. E os R$ 176 mil que a CATVE (que é da familia do secretário) se justifica Sr. Gurgacz?
    • Cícero
      19
      0
      02/10/2014 14:30h
      ISSO E CASO DE POLICIA, TEM QUE PRENDER O ROMAN E O SECRETARIO, DINEIRO DIRETO PRA CONTA DOS FAMILIARES, MP, GAECO, TEM QUE INVESTIGA.
  • psdb lixo
    8
    0
    02/10/2014 05:25h
    estão brigando entre eles mesmo por uma vaga de deputado federal. É bom que sai os poderes e a população fica sabendo quem são.
  • mensalão tucano
    12
    1
    02/10/2014 05:31h
    pra poder lavar dinheiro pra campanha. Fora Richa!
  • exprof
    13
    0
    02/10/2014 07:33h
    Pensei em votar no Roman!Conheço a muito tempo e sempre agiu assim na surdina!Pensei que poderia ter mudado!Mas "cachorro que come ovelha.."
  • PTzada
    9
    5
    02/10/2014 08:45h
    O Edson Queiroz, que sonha com a eleição da Marina, esperou a campanha eleitoral, para chorar. Não tem crédito algum isto.
  • Gordo
    23
    2
    02/10/2014 18:48h
    Elvio, LARANJAO DO ROMAN, e só investiga que pega.
  • ISRAEL
    2
    3
    02/10/2014 23:36h
    O ELVIS REVOLUCIONOU O ESPORTE EM CASCAVEL QUE TAVA MORTO.
  • BASQUETEBOL
    4
    0
    03/10/2014 10:22h
    com muita sinceridade, pensei em votar em vc Roman. mas nao consegui entender a falta de explicação sobre isso. venha e fale. ou nao pode??
Envie seu comentário Seu endereço de email não será divulgado